•  
 
 
 
 
 
Bacharelado em Engenharia Civil
 

Autorizado pelo MEC, conforme Portaria Ministerial nº 205, publicada no Diário Oficial da União em 28/06/11. 

Duração: 5 anos      Turno: Noturno 


Apresentação 

O curso de Engenharia Civil da POLICAMP está estruturado para formar profissionais plenamente capacitados para o planejamento e gerenciamento de projetos construtivos industriais, residenciais e comerciais; para o desempenho das atividades referentes a rodovias, ferrovias, aeroportos, portos e componentes dos sistemas de transportes; barragens, túneis, fundações, contenção e estabilidade de taludes, aproveitamento de recursos hídricos e hidrelétricos, tratamento de água e esgoto, abastecimento de água, disposição de resíduos sólidos; pontes e grandes estruturas e seus serviços afins correlatos. 


Objetivo 

Formar profissionais de nível superior que tenham uma formação generalista, apoiada num sólido aprendizado técnico, científico, prático, gerencial e social, aptos a absorver e desenvolver novas tecnológicas e atuar criativa e criticamente na identificação das demandas sociais e no desenvolvimento sustentado e socioeconômico, desenvolver senso crítico de trabalho em equipe. 


Mercado de trabalho / Atuação profissional 

Atualmente, com uma economia brasileira promissora, com novos programas do governo (PAC), Copa do mundo (2014) e Jogos Olímpicos (2016), o campo de trabalho na Engenharia Civil no Brasil está novamente aberto.

O profissional estará habilitado a trabalhar com transportes, saneamento básico, pesquisa científica, vistoria e avaliação de obras, análise, planejamento, execução, direção de projetos e obras, docência, tanto no âmbito nacional, como no Internacional. 


Diferencial

Formar engenheiros conscientes de suas responsabilidades profissionais, sociais e éticas, capazes de atuar em órgãos públicos, empresas privadas e, ainda, como profissionais liberais. Assim, faz parte dos preceitos da POLICAMP em relação ao curso:

Capacitar seus egressos para elaborar, coordenar, implantar e operar projetos, fiscalizar e supervisionar as atividades profissionais referentes à Geomática, hidrologia, hidráulica, geotécnica, construção civil, estruturas, saneamento, transportes e meio ambiente.

Prover, através de pesquisas, a produção de novos conhecimentos, possibilitando desta forma, condições para os progressos teóricos e tecnológicos, imprescindíveis às transformações industriais, técnicas e sociais da comunidade.

Avaliar o impacto de projetos de engenharia no contexto social e meio ambiente. 


Atividades Complementares

As atividades complementares são componentes curriculares enriquecedores e complementadores do perfil do alunado, possibilitam o reconhecimento por avaliação de habilidades, conhecimento e competência do aluno, inclusive adquirida fora do ambiente acadêmico, incluindo a prática de estudos e atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mercado de trabalho e com as ações de extensão junto à comunidade.

A Circular Normativa CN-DA 04 regulamenta o processo de aproveitamento das atividades complementares, sendo redigida em concordância as Diretrizes Curriculares dos Cursos de Graduação.

A Tabela 1 refere-se às atividades complementares do curso de Engenharia de Controle e Automação e suas respectivas pontuações.

No que concernem as atividades complementares, o aluno deverá completar uma carga horária de 200 horas para que se considere o cumprimento total das atividades complementares.

Tabela de convalidação de Atividades Complementares (realizar download).

Coordenação

Profa. Me. Maria Denise Monacci  - Ver Currículo

E-mail: maria.monacci@uniesp.edu.br

Telefone: (19) 3756-2300



 

 
 
 
UNIESP Solidária Biblioteca/
Publicações
TV UNIESP Rádio UNIESP Inclusão
com Arte
Projeto Ambiental EAD Notícias Imprensa Trabalhe
Conosco